Podcasts de encostar a orelha… (actualizado)

O que acontece quando o storytelling, os cliffhangers, o mistério e o conhecimento não têm imagem?

“Serial” estreou em 2014 e basicamente despertou o mundo para o fenómeno dos podcasts. A “malta jovem” redescobriu a arte perdida de de ficar colada a uma voz e às maravilhas que consegue fazer com a sua simplicidade. Aqui não há cinematografia, apenas a imaginação como ferramenta para resolver um caso policial. Sayed é um jovem encarcerado por homicídio e durante 10 episódios Sarah Koenig leva-nos numa viagem em que oscilamos entre o “ele claramente é inocente!” e o “porque faria isso se não fosse culpado?!”. Uma montanha-russa tão bem exposta que só peca por não nos oferecer o desenlace que desejamos. Não é spoiler dizer que o caso, ainda nos dias de hoje, não está resolvido.

Numa vertente menos positiva, somos perseguidos por anúncios como gazelas na savana. Todo o episódio que se preze tem um no início/meio/fim e quem os introduz conta que ninguém se dê ao trabalho de os passar à frente. Ou seja, é uma incrível maneira de chegar aos ouvidos de um público em crescimento. Se por um lado são imperceptíveis em certos casos (Conan usa-os para nos dar ainda mais risos), por outro conseguem desligar-nos completamente do ambiente do resto do podcast. Agora já me habituei, mas é de facto um ponto negativo, considerando que hoje em dia é possível escapar a eles em quase todos os meios. Como criador sei que anúncios são essenciais, como consumidor…

O fenómeno da “voz” está em exponencial crescimento, com Alexa a ser um dos nomes mais chamados pelas casas desse mundo fora. Muitos afirmam que o vídeo é o presente e o áudio o futuro, mantenho a minha resistência ainda nesse prognóstico. A verdade é que muitos  abandonaram a música no caminho para o trabalho para abraçar o podcast favorito e, no meu caso, substituíram completamente a musica do Spotify. É a maravilha do “bom e barato”: é mais barato e fácil de produzir e se os telemóveis permitiram que todos sejamos cineastas, um microfone (seja no telemóvel ou no portátil) cria um alto número de potenciais locutores. Uma breve viajem pelo catálogo de podcasts permite perceber que há de tudo para todos os gostos, dos grandes estúdios ao mais amador, da ciência à história, da hora e meia aos 10 minutos de duração, do mais profissionais ao mais amador. Como todo o entretenimento só tenho pena de não poder desfrutar de toda a variedade oferecida. É uma excelente maneira de fazer render os tempos mais mortos do dia. Transformem qualquer momento morto numa hora erudita e lembrem-se: “ouvir os episódios a 1.3x de velocidade é uma opção! Ainda rende mais! Aqui ficam algumas sugestões:

Cinema e televisão
Sincast – Da mesma equipa que faz os vídeos de Youtube do canal “Cinema Sins”. Falam de filmes actuais, antigos, algumas séries.
TV Talk Machine – Com o crítico Tim Goodman sobre a actualidade na televisão (americana principalmente).
The Weekly Planet- Sobre televisão, cinema, comic books e outros elementos da cultura pop. A “energia” do dueto pode não ser do agrado de todos.
TV´s Top 5 – Semelhante ao TV talk Machine, mas com o Daniel Fienberg e Lesley Goldberg. Entrevistam regularmente criadores de séries e chefes de estações.
Chernobyl – Podcast muito interessante que complementa a série da HBO homónima. Com o criador Craig Mazin.
Precisamos de Falar – Da Antena 3 sobre cultura pop. Ouço apenas de longe a longe, quando um assunto em particular é de interesse. Sofre por ter um painel com gente a mais…
Hollywood Breakdown – Um semanal de 3/4 minutos explicando algum tema nas noticias de Hollywood. Curtinho e ouve-se bem.
Primetime with Emily VanDerWerff – Menos de análises a séries e mais sobre o estudo da televisão e seu impacto. A primeira temporada debruçou-se sobre o papel da televisão na presidência dos Estados Unidos.
Watching: Succession – Comecei a ouvir quando se debruçou em Game of Thrones, mas já abordou outras temporadas antes e já falaram de Big Little Lies entretanto. Análise semanal aos episódios de uma determinada série, de momento, Succession. Um bom complemento se estão a acompanhar determinada série e querem saber mais sobre os episódios.
I Think You´re Interesting – Não tem saído episódios este ano, mas é um podcast interessante da Emily VanDerWerff com personalidades da televisão.
Scriptnotes – Com John August e Craig Mazin em que abordam problemas e processos de quem faz da escrita de argumentos a sua profissão.

Notícias (mais orientadas para realidade americana)
The Daily – Diário do New York Times que aborda um tema central da actualidade.
The Rachel Maddow Show – A versão áudio do programa diário da jornalista da MSNBC. Temas da política mas muito focado na interferência dos russos nas eleições americanas. Há certos dias que “passo à frente” e normalmente as entrevistas de final do programa são mais de propaganda que outra coisa.
Today Explained – Explora todos os dias um tema actual, mais focado na investigação que reportagem. PS- Espreitem o “Explained” na Netflix também.
Pod Save America – Um painel de ex-colaboradores da administração de Obama comentam a actualidade política americana. O “descasque” em Trump é agressivo e confesso que agora já me fartei de “comer sempre arroz”.
The Intelligence – Análise diária às noticias mundiais do ponto de vista do “The Economist”.

Jornalismo de Investigação
Land of the Giants – Cada temporada debruça-se sobre um gigante da tecnologia. A primeira é sobre a Amazon, como nasceu, como cresceu e como domina. Muito interessante.
This that go Boom – Análise à segurança nacional e  internacional. A segunda temporada fala-nos sobre a possibilidade de uma guerra nuclear planetária e desmistifica certos conceitos que podemos ter formado desse cenário.
Drilled – Espalha luz sobre os esforços das petroleiras em abafar a realidade da crise climática. Mostra-nos o quão bom somos a manipular e a ser manipulados.
Caliphate – Debruça-se sobre a ISIS, tentando explicar de que maneira opera e quem são os seus membros. Muito bem feito, bem produzido e bastante interessante.
Bag Man – Rachel Maddow explica o Watergate e demonstra os paralelismos com o fenómeno Trump.

Economia
Planet Money e The Indicator – Para quem quer compreender melhor termos como “Tarifas” e “Trade War”.

Tecnologia
Vergecast – Um bi-semanal sobre tecnologia com malta do The Verge. Não sou fã das entrevistas, mas gosto muito dos episódios de sexta-feira. Cobrem muitos temas da actualidade e explicam muita coisa, com um humor leve.
Waveform – Ainda está para nascer, mas considerando o autor (MKBHD do Youtube) tem tudo para ser muito bom. Ele é muito inteligente e sabe do que fala.

História
Stuff you should know – O ritmo é bastante lento, demasiado lento por vezes, mas abordam temas interessantes e respondem a questões pertinentes.
History Class – com o selo BBC…
Great Leap Years – Narrado pelo incrível Stephen Fry, faz o paralelismo entre acontecimentos passados e a realidade actual.
When greeks flew kites – Muito semelhante ao anterior, mas sem Fry…
Noble Blood – Podcast sobre realeza, suas mortes e ordens de execução sangrentas. Muito bem produzido e interessante.
Dan Carlin´s Hardcore History – Episódios sem fim em que o o autor fala de história, do impacto de certos momentos e reflexões filosóficas. A sua atitude “no bullshit” pode não agradar a todos.
History Extra – Mais um com selo BBC.

Ciência / Conhecimento
30 Animals that made us smarter – Mostra como a ciência se baseou em certos animais para melhorar o nosso dia-a-dia. Bastante interessante.
Crowd Science – Mais um da BBC. Semanalmente respondem a uma questão relevante, como Quem foram os primeiros agricultores, qual a melhor maneira de respirar e porque consideramos coisas bonitas.
Life Kit: All Guides – Guias práticos e muito bem explicados sobre problemas do dia-a-dia. De economia à paternidade, de meditação à dieta.
Nice Try! Utopian – O que é uma Utopia, que utopias existiram e quem foram os seus autores. Uma reflexão interessante sobre mundos perfeitos e porque são impossíveis.
Solvable – Debruça-se sobre problemas mundiais e de que modo certos pensadores se propõem resolve-los. Entrevistas interessantes, com Malcolm Gladwell.
Short Stuff – Para quem gosta de “Stuff you should know” mas não tem paciência para os ouvir durante uma hora.
Patient Zero – Impróprio para hipocondríacos. É muito recente, mas fala sobre patogénicos, farmacologia, negligencia médica, doenças e epidemias.
Future Perfect – Explora de que modo a ciência nos está a catapultar para o futuro e como moldam a sociedade.

Personalidades e Entrevistas
Oprah Masterclass – Entrevista a personalidades da esfera de Oprah … falam de lições de vida. Para quem gostar, há ainda o Super Soul Conversations.
Couples Therapy – Para quem é fã de Casey Neistat no youtube, este é um espaço em que fala com a mulher sobre problemas conjugais. Muito irregular na publicação.
Sunday Sitdown with Willie Geist | Jonathan Ross – I Like FilmsLife is Short with Justin LongArmchair Expert with Dax Shepard | David Tennant does a podcast – Os hosts mudam, mas basicamente é a mesma coisa: gente a entrevistar gente. vou ouvindo só quando o entrevistado é alguém (pessoalmente) interessante.
Conan O´Brien Needs a Friend / Inside Conan – Faço a distinção com Conan porque… bom, é Conan. Faz com que até os anúncios sejam engraçados de ouvir. Um excelente comunicador a fazer o que faz bem. Inside Conan não é com ele, mas uma extensão do seu programa de televisão. Produtores falam sobre os convidados e curiosidades que acontecem no programa.
Making Sense with Sam Harris – Um podcast sem limites de tempo para quem gosta de Sam Harris. Com entrevistas interessantes e discussões filosóficas sobre vários temas.
The Last Laugh – Entrevistas de Matt Wilstein a comediantes num regime mais “sério” e pessoal.

Outros
The Dark Side of… – Dramatização de histórias sobre um determinado tema. A primeira temporada foi sobre Hollywood e de momento estão a focar-se no mundo da musica.
Julie – Quatro episódios sobre Julie, uma mãe e esposa com cancro terminal que toma controlo dos seus últimos momentos em vida. Não é uma história triste, antes uma de esperança.
The Side Hustle Show – Para “entrepreneurs” e para quem quer transformar hobbies em negócios. Com dicas bastante úteis para fazer crescer o vosso negócio.
Mythology – Dramatização de mitos de todas as eras e culturas.
Everything is Alive – A premissa é genial: dar vida a objectos inanimados. Primeiro episódio é uma lata de coca-cola não bebida…

Portugueses
Podd Bullet – Sobre cinema, literatura e alguma televisão e música.

Nas Nalgas do Mandarim – Um podcast português, feito por gajos portugueses. Sou suspeito porque sou muito fã desta malta. Em especial do Pedro Lombarda, aka Cinemaxunga, aka Videoclube do Sr. Joaquim. Para quem gosta de ouvir falar de cinema (e alguma televisão de vez em quando) por gente que não se leva a sério. Uma espécie de Nêspera no Cu cinematográfico.
A minha vida dava um filme – A Joana Miranda, que entretanto se tornou apresentadora no Curto Circuito, convida malta para falar de um filme em particular que marcou as suas vidas. Podem também ouvir a Joana no podcast caseiro.
Fumaça – Um podcast português para quem acha que jornalismo audio de investigação é só coisa de ingleses e americanos. Certos temas podem ser de maior ou menor interesse, mas é sempre bom ver que o jornalismo para lá dos grandes media está vivo.
Sobretudo – Mais um excelente podcast nacional, com convidado semanal para abordar um tema durante uma hora.
Hotel – Uma fantástica “podsérie” de humor do Luís Franco-Bastos, em que o humorista dá voz a várias personagens num hotel de duas estrelas.
P24 – Diário do Público a rondar os 10 minutos, explicando uma notícia da actualidade nacional.
Mundo Digital – 1 minuto para saberem 1 novidade do mundo da tecnologia neste podcast da TSF. Não é muito regular na publicação.

Por fim, não esquecer que episódios de “O Homem que Mordeu o Cão”, “Cada um Sabe de Si”, “Mixórdia de Temáticas”, “Extremamente Desagradável”, “Tudo de Ensaio”, “Circulatura do Quadrado”. “Eixo do Mal” e “Governo Sombra”.

Partilha o post do menino no...