Scrubs!

(escrito a 5 de Novembro de 2007)

Tal como o nome indica (Scrubs é aquele “pijama” azul ou verde que os médicos usam…), trata-se de uma “série de hospital”. Mas ao contrário de Serviço de Urgências e Anatomia de Grey, Scrubs é uma sitcom sobre o dia-a-dia de enfermeiros, médicos, pacientes….e pessoal da limpeza…do hospital.

O primeiro episódio mostra-nos J.D. (interpretado por Zach Graff, não fez nada de especial a não ser a voz de Chicken Little), um jovem neurotico, fragil e imaginativo médico que juntamente com Turk (Donald Faison, participou em varias outras séries como Felicity e Clueless), o seu melhor amigo de à vários anos, têm o seu primeiro dia de estágio no Sacred Heart, onde conhecem a enfermeira Carla (Judy Reyes, também nada de significativo, varias participações em outras séries), uma Sul-Americana com alma de respondona e Elliott Reid (Sarah Chalke…adivinhem o currículo…), uma insegura, fala-barata…e bonita estagiaria. Rapidamente surgem casos amorosos entre eles, e são apresentados novos personagens que dão o real ar alucinado à serie. O director do hospital, Dr. Bob Kelso, um maldoso médico determinado a manter as contas do hospital bem certinhas e a infernizar a vida dos estagiários. Todd, é uma mistura de Don Juan, com Zé da Tasca…Tem a mania de engatatão mas nunca saca nada. Destaca-se pelos seus high fives geniais…e tem um para cada ocasião. Janitor, o encarregado da limpeza, que desde o primeiro momento embirra com J.D. e transforma-lhe os dias em verdadeiras aventuras. Nota-se que não tem nada que fazer da vida, e faz tudo menos limpar.

Deixei para ultimo o melhor, Dr. Perry Cox (John McGinley, talvez o único com algo no CV…Platoon, Rochedo, Um domingo qualquer e Wild Hogs). Dr. Perry é o “sargento” do hospital, poderia ter chegado longe não fosse o seu temperamento dificil e o seu sarcasmo constante (e brilhante). Faz tudo pelos pacientes, mas não é por isso que tem de os aturar. Torna-se o grande mentor de J.D. e vai ajudá-lo a tornar-se melhor médico, em contrapartida J.D. vai tornar Perry mais…soft. Os seus discursos são do melhor que há…não há quem se salve! Carla envolve-se com Turk, J.D com Elliott, Dr. Perry tira do sério o director enquanto a ex-mulher (também interpretado de forma genial por Christa Miller-Lawrence) o chateia a ele. O Janitor implica com J.D. e ele procura refugio em Turk enquanto o Todd está sempre por perto…conclusão… uma salada!

E são estes os ingredientes (já são muitas referência culinárias…é o que faz escrever isto em jejum…) para uma grande comédia. Com momentos de loucura e de afecto e até drama (destaco os episódios em que entra Brendan Fraser, são especialmente bons…). Os melhores momentos são quando J.D. entra no seu mundinho particular e imagina as coisas mais loucas acontecerem. A série já vai na sua sétima temporada (provavelmente a ultima) e os personagens já deram voltas e reviravoltas, o que mantém a coisa dinâmica.Os episódios são curtinhos e ideais para ver antes de ir dormir. Scrubs é uma sitcom fantástica e faz-nos desenvolver grande empatia pelas personagens. Infelizmente não está em exibição actualmente em Portugal…mas aconselho-a vivamente. Arranjem maneira de a ver!! PS- Não estou claramente a incentivar-vos a sacar da net, ou a piratear de alguém…

Partilha o post do menino no...