Supernatural: 10×06 – Ask Jeeves

[SPOILERS] Depois do quinto episódio até estava disposto a tolerar mais um quarto… desejava muito que assim não fosse, mas aguentava!

Esta semana viajamos até à Mansão Wayne para jogar Cluedo com um grupos de novos e velhos ricos. Bobby era um tipo misterioso e não sabemos muito da sua vida pessoal, mas este é o seu tipo de ambiente. Sobrenatural, entenda-se. Os jogadores vão caindo à medida que o jogo se vai desenrolando e os Winchesters destacam-se como a água do Vinho do Porto, as pumas preparam-se para caçar tão joviais e atléticas “presas” enquanto estas tentam por ordem na casa.

O episódio pretende ser uma paródia/homenagem às antigas séries de mistério e seus clichés e ao famoso jogo de tabuleiro. Desde o ambiente centralizado, a musica, os personagens snobs e os crimes individuais que adensam o trama até o Scooby Doo e o Salsicha apanharem o culpado.

Heddy: “Did anyone else wet themselves?”

A acção desenrola-se, como um tradicional caso semanal, sendo por vezes “chato” e arrastando-se, por necessidade de encher os 42 minutos. O único significado a tirar daqui foi mesmo a sede de sangue de Dean, que continua bem viva com a marca de Caim. Depois do episódio da semana passada esperava que a relação entre irmão estivesse melhor, que houvesse uma diferença notória, mas até nisso o episódio foi completamente deslocado. Não fosse a “BM Scene” no final e este poderia ser um episódio de qualquer temporada. Dean prometeu a Sam que diria algo quando o comboio desse sinais de descarrilar, mas ao invés desviou a conversa e aumentou o volume do radio… é irritante quando a série amarra a relação dos irmãos e não a deixa evoluir naturalmente, recorrendo aos sistemas antigos, aos sistemas que já estamos fartos.

Não foi tão mau como o quarto, mas não o episódio que se esperava depois do 200. E com a temporada a concluir o seu primeiro quarto de duração, não faço a mínima de qual é a história central desta décima temporada.

Partilha o post do menino no...