Supernatural: 10×08 – Sibbing 911

[SPOILERS] Normalmente tenho sempre algo escrito ainda antes do episódio começar, neste não tinha nada até ao último terço.

Donna: “I lost 6 pounds.”
Doug: “Hey! You’re 1/4 of the way there!”

Não é que o episódio tenha sido desinteressante, um típico caso seminal como tantos outros, mas este é aquele caso semanal que sabe a degrau falhado no cimo das escadas, em que estamos à espera de mais um e nada… É o pior tipo de caso semanal, aquele que vem quando a série mete uma velocidade abaixo para acelerar e depois trava a fundo sem necessidade.

Dean: “This badge means something.”
Sam: “I made it a Kinkos.”
Dean: “Yes you did. And you should be proud of that.”

Eu gosto da Sherife Mills (Kim Rhodes), das personagens convidadas é das que mais simpatizo. Gosto da química com os irmãos, o balanço entre durona e sensível (exemplo disso é o telefonema inicial para os irmãos), mas precisamos mesmo de mais momentos em que mergulhamos no seu passado? Aquele que já conhecemos? Depois temos Donna (Brianna Buckmaster), fruto de um mau filler há uns tempos, e que faz o duo policial. Temos então um buddy cop, dentro do brotherly cop Winchester, com os habituais assassínios entre metades do episódio. A química entres as duas sherifes foi mesmo o melhor do episódio, mas não chegou para o tornar minimamente memorável.

Irmãos amarrados, monologo do vilão, um irmão solta-se, fim do vilão… Fim de episódio…

Partilha o post do menino no...